16 de ago de 2010

Aventura-te


         Aventura-te a mão sobre meu corpo
         O fazendo girar em abruptos rodopios
         Desnorteando-lhe ao sul da cama