15 de ago de 2010

Filho da Rã

          
           Nasceu corno, viúvo e cansado
           Morto de insuportável tédio
           Era sapo, o coitado
           Nascido de uma Rã safada
           Que adorava pererecar.